Loures – Orçamento Municipal para 2019 Viabilizado pelo PS em contrapartida de mais Verbas para as Juntas de Freguesia

Estando em minoria na Câmara Municipal de Loures, não restou outro caminho a Bernardino Soares e à CDU de Loures, que negociar com o PS o Orçamento para 2019 que foi apresentado na reunião de Câmara de 12 de Novembro de 2018.
Um orçamento de 132 Milhões e 500 Mil euros, mais 17 Milhões que no ano anterior (115,5M€) e mais 19,4 Milhões que em 2013 (123,1M€).
Não foi assim estranho que, contando com as criticas de PS e PSD, o Orçamento da CDU viesse a ser aprovado com a abstenção dos Vereadores do PS e o voto contra do PSD.
Das razões para a viabilização do PS e para o voto contra do PSD poderão ouvir abaixo nas respetivas intervenções de João Calado do PSD e Sónia Paixão do PS.

Esta é a primeira parte do conjunto de intervenções que iremos publicar e nelas estão patentes as razões de fundo para as decisões de voto das bancadas do PS e do PSD.
Saliente-se que as Juntas de Freguesia, por imposição do PS, irão receber mais 2,9 Milhões em competências e mais 2,5 Milhões para investimento em obras locais que sendo competências da Câmara serão sugeridas e administradas pelas Juntas de Freguesia.
Por fim e quanto aos Monos, saliente-se que serão, a partir de Abril, as Juntas de Freguesia as responsáveis pela respetiva recolha da via pública.


Apresentação do Orçamento


João Calado do PSD


Sónia Paixão do PS


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.