NoticiasLX

Notícias da GRANDE LISBOA

Comunicado do CDS Odivelas com as 5 Propostas para o Mosteiro de Odivelas

Na sequência da assinatura do Auto de Cedência do Mosteiro de S. Dinis e S. Bernardo de Odivelas (doravante ‘MSDSB’) por parte do Exército Português à Câmara Municipal de Odivelas no passado dia 14 de Janeiro e da entrega das chaves do referido Monumento Nacional e da cedência do espólio museológico pertencente ao antigo Instituto de Odivelas à Câmara Municipal de Odivelas no passado dia 14 de Fevereiro, a Comissão Política Concelhia de Odivelas do CDS-PP considera que, após a realização da nossa visita ao MSDSB no dia de hoje, 20 de Fevereiro de 2019, com uma comitiva de Deputados à Assembleia da República eleitos pelo CDS-PP, é chegado o momento de definição política local sobre o melhor destino a ser oferecido a este Monumento Nacional que pulsa no coração da Cidade de Odivelas, e que o actual Governo por inércia e desleixo votou ao abandono nos últimos três anos de governação.
Nesse sentido, a Comissão Política Concelhia de Odivelas do CDS-PP vem clarificar a sua posição sobre o futuro que entende ser aquele que melhor servirá os munícipes odivelenses nos próximos 50 anos, período durante o qual o MSDSB ficará sob gestão administrativa e financeira do Município de Odivelas. Entende o CDS Odivelas que passou demasiado tempo em que o MSDSB esteve de costas voltadas para a população de Odivelas, sem ser visitável ou aberto à sociedade civil, sem prejuízo dos 115 anos em que nele funcionou exemplarmente uma das mais prestigiadas instituições de ensino nacionais, o Instituto de Odivelas. Por essa razão, o projecto político do CDS Odivelas para o MSDSB passa pela instalação dos seguintes equipamentos no seu edificado em virtude da multiplicidade de valências podem oferecer à população de Odivelas:
  1. A criação de uma Residência Universitária,
  2. A criação de Creches e Jardins de Infância geridos pelo Executivo Municipal,
  3. A criação de um Museu da Cidade denominado ‘Museu D. Dinis’ que deverá incluir o espólio museológico do antigo Instituto de Odivelas à guarda da AAAIO,
  4. Transferência do Lar “Nova Casa”, IPSS da propriedade da AAAIO, cuja capacidade de recepção de mais utentes se encontra esgotada visto que residem permanentemente neste equipamento social 44 utentes e
  5. A transferência do Centro de Acolhimento Temporário Rainha Santa Isabel, equipamento social da propriedade da Associação de Jardins-Escola João de Deus, a qual acolhe diariamente 13 crianças assinaladas como em risco por motivações familiares e cujo espaço é já exíguo para esse efeito.
O CDS Odivelas considera que estas são as Cinco Propostas para o futuro do Mosteiro de Odivelas que melhor servem os interesses dos munícipes odivelenses, abrindo o Monumento Nacional à população e colocando-o ao serviço da população sobretudo em matéria de necessidades ao nível do Ensino e do Apoio Social, competências administrativas aliás que a breve trecho serão inclusivamente transferidas pelo Governo Central para os Municípios, pelo que consideramos que o Executivo Municipal deve antever a instalação de uma rede de equipamentos educativos e sociais com vista a fornecer e colmatar as necessidades da população de Odivelas já hoje prementes nas referidas áreas.  

Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.