PAN apresenta hoje, 28 de Fevereiro, na Assembleia Municipal de Odivelas, Moção Contra o Uso do Glifosato

Odivelas, 27 de fevereiro de 2019 – O Grupo Municipal do PAN – Pessoas-Animais-Natureza – irá apresentar amanhã uma moção em Assembleia Municipal de Odivelas, para restringir o uso de glifosato e outros herbicidas sintéticos na limpeza urbana e controlar a sua presença na água de consumo do concelho de Odivelas.

O deputado do PAN na Assembleia de Odivelas, Nelson Silva, afirma que “ Não só este tipo de produtos é nocivo para a saúde pública através da infiltração das toxinas na rede de água, como também prejudica a saúde da população , com maior relevância para as nossas crianças e animais devido ao contacto mais directo com o solo. Temos de ter em mente que arriscamos a nossa própria saúde e bem estar ao custo do lucro desenfreado dos grandes interesses económicos ”

No passado dia 25 de Fevereiro, foram publicados os resultados de uma iniciativa levada a cabo pela “Plataforma Transgénicos Fora”, que concluiu que Portugal é um país contaminado pelo glifosato. De facto, nos testes levados a cabo a nível nacional, verificou-se que os valores de contaminação das amostras estão sempre acima dos 50% e em Outubro de 2018 registaram-se valores de 100% . Apesar de não ter validade científica, esta iniciativa apoia-se no relatório da Organização Mundial de Saúde que identificou este produto como “potencialmente carcinogênico”.

Vários países já começaram a apertar o cerco a herbicidas sintéticos, incluindo o glifosato, como é o caso da França. Em Portugal, este herbicida em particular foi banido por 13 municípios que usam presentemente alternativas seguras e amigas do ambiente.

A Plataforma denunciou ainda os graves conflitos de interesses, que envolvem a produtora Monsanto, detida pela Farmacêutica Bayer, espelhados na avaliação científica da Comissão Europeia e que esteve na origem da tomada de decisão que autorizou o herbicida na Europa em 2017 . Preocupação partilhada pelo deputado quem assegura que “O facto da Bayer ser detentora de uma produtora de produtos tóxicos e nocivos para a saúde, é por si só causa de muita preocupação. Imaginem um mundo em que uma farmacêutica é a única detentora de tratamento ou cura, para uma doença transmitida por este tipo de produtos.

Existe um claro interesse econômico por detrás das decisões de continuar a usar glifosato e herbicidas sintéticos.” .
Face a estes dados, o PAN apresentará amanhã uma moção para certificar-se que o glifosato e outros herbicidas sintéticos são restringidos do concelho de Odivelas e substituídos por alternativas naturais que não ameacem a saúde de todos os odivelenses.
27 de fevereiro de 2019


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.