CONVENTINHO BAR EM LOURES – UM ESPAÇO IMPAR Telef: 219 880648 | 962947829

NoticiasLX

Notícias da GRANDE LISBOA

CDS Odivelas condena o mau funcionamento da USF Cruzeiro e a falta de médicos de família

“No passado dia 11 de Março o Sr. Primeiro- Ministro, António Costa, e a Ministra da Saúde, Marta Temido, visitaram a USF- Unidade de Saúde Familiar Mosteiro (novo CS Odivelas) conjuntamente com o Presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins, e os Vereadores do PS e do PSD, o qual se encontrava em funcionameno desde dia 27 de Dezembro de 2018 após ter sido inaugurada pelo Presidente da ARSLVT- Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Pisco. O Governo e a CM Odivelas em violação clara da Lei N.º72-A/2015,de 23 de Julho, que estabelece o Regime jurídico da cobertura jornalística em período eleitoral e regula a propaganda eleitoral através de meios de publicidade comercial, praticaram “publicidade institucional” promovendo a visita do Governo à USF Mosteiro como se de uma verdadeira Inauguração do Novo Centro de Saúde se tratasse nos locais de estilo do Governo como a nível autárquico, nomeadamente nos sítios e páginas oficiais da CM Odivelas e da próipria Junta de Freguesia de Odivelas.

Apenas passados 18 dias úteis, a realidade vem desmentir a ficção criada pelo atual Governo e pela CM Odivelas aquando da visita dos mesmos à USF Mosteiro em Odivelas. No dia de hoje, 4 de Abril de 2019, centenas de odivelenses sem médico de família esperaram longas horas desde a madrugada em filas infindáveis na Avenida Prof. Dr. Augusto Abreu Lopesaté à Rua Major Caldas Xavier para obter uma simples senha que lhes permita posteriormente aferir da disponibilidade da marcação de uma consulta médica na USF Cruzeiro (antigo CS Odivelas/ CATUS). Sucede que o a nova USF Mosteiro (novo CS Odivelas), equipamento médico visitado pelo Sr. Primeiro- Ministro e Ministra da Saúde há praticamente 15 dias, só realiza atendimentos a utentes com médicos de família atribuídos, e tem capacidade para servir apenas 13.300 utentes, sendo composto por 8 enfermeiros e 3 assistentes técnicos, o que é manifestamente insuficiente face às necessidades sociais e médicas dos utentes de Odivelas e dado que estava previsto que a sua capacidade plena aquando da trasferência da USF Cruzeiro para este novo edifício da USF Mosteiro tivesse capacidade para servir 41.800 utentes.

Neste sentido, percebe-se a razão pela qual o Sr. Primeiro- Ministro e a Ministra da Saúde não visitaram a USF Cruzeiro (antigo CS Odivelas) a funcionar do outro lado da rua da Avenida Prof. Dr. Augusto Abreu Lopes, e visitaram apenas o novo edifício da USF Mosteiro (novo CS Odivelas) numa tentativa de iludir os portugueses e, em particular, os odivelenses relativamente ao seu empenho na melhoria dos cuidados de saúde em Portugal, criando uma nova USF em Odivelas que resultava de uma promessa eleitoral do PS feita há 14 anos atrás. A Comissão Política Concelhia de Odivelas do CDS-PP vem condenar o comportamento público do Sr. Primeiro. Ministro, da Ministra da Saúde e, em especial, do Presidente da CM Odivelas, que fizeram crer aos odivelenses que com a instalação da nova USF- Mosteiro ( vulgo “novo Centro de Saúde de Odivelas”) os problemas de fornecimento de cuidados de saúde, através deste novo equipamento de saúde, iriam ser integralmente resolvidos. Todavia, pelo contrário, temos um novo equipamento de saúde do SNS, sem médicos adstritos, que evidencia uma manifesta falta de enfermeiros e de assistentes técnicos. Por essa razão, o CDS Odivelas vem desafiar o Sr. Primeiro- Ministro, a Ministra da Saúde e o próprio Sr. Presidente da CM Odivelas a visitar durante a próxima semana a USF Cruzeiro (antigo CS Odivelas/ CATUS) a fim de conhecer a verdadeira realidade do estado da Saúde no Concelho de Odivelas.”

Comissão Política Concelhia do CDS Odivelas
4 de Abril de 2019


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.