Help Desk dos SIMAR (Loures/Odivelas) uma Dependência de Meio Milhão no Contrato de Manutenção

O Vereador João Calado do PSD, aquando da discussão do ponto 3 da reunião da Câmara Municipal de Loures de 24 de Abril de 2019, referente à contratação dos serviços de manutenção do “Help Desk” para os SIMAR, levantou algumas questões salientando a dependência da EM de um sistema proprietário cujo contrato, por ajuste direto, orça o Meio Milhão de euros. Passamos a citar:

Porque é que temos um Ajuste Direto“?

Alguém decidiu adquirir uma solução proprietária sem acautelar a capacidade técnica de controlo da sua operacionalização o que implicou que depois de colocado o sistema em produção exista apenas uma entidade com capacidade de prestar o correspondente serviço de manutenção e Help Desk por forma a que seja garantida a sua operacionalidade“.

A incapacidade dos SIMAR de hoje submeterem à concorrência o serviço que pretendem contratualizar“.

A incapacidade dos SIMAR de negociarem o valor a pagar pela prestação do serviço pretendido“.

A incapacidade dos SIMAR de aferirem se estão a pagar o valor justo pela prestação do serviço a contratualizar por não existir um quadro de referência nem um prestador de serviços hipoteticamente alternativo“.

 

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
RSS
Facebook
Twitter
YouTube