CDS entrega requerimento ao Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, a exigir que a CML cumpra com a divulgação do relatório final do LNEC sobre a estabilidade e segurança das 93 escolas e jardins-de-infância sob responsabilidade do Município

Os deputados municipais do CDS remeteram ao presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, requerimento a exigir que a CML cumpra com a divulgação do relatório final do LNEC sobre a estabilidade e segurança das 93 escolas e jardins-de-infância sob responsabilidade do Município. 
Na sessão de 16 abril, o plenário aprovou uma recomendação para que fosse divulgado publicamente o relatório final o LNEC, tendo sido aprovada a data limite de 30 de abril para esse efeito e mediante compromisso do vereador do BE com o pelouro da Educação, Manuel Grilo.
O líder da bancada centrista Diogo Moura alerta que “a CML não está a cumprir com a palavra dada e que a ausência de dados concretos, como é o caso do relatório, adensam as dúvidas e preocupações manifestadas pela comunidade escolar e famílias, em particular com o encerramento urgente das escolas básicas de São Sebastião da Pedreira e Vale de Alcântara.
Assim, o CDS exorta a Câmara a dar nota pública dos documentos previstos na recomendação aprovada quer aos eleitos da CML e AML mas principalmente aos responsáveis de cada estabelecimento de ensino, associações de pais e encarregados de educação e aos lisboetas.

Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.