CONVENTINHO BAR EM LOURES – UM ESPAÇO IMPAR Telef: 219 880648 | 962947829

NoticiasLX

Notícias da GRANDE LISBOA

Loures, um concelho onde nunca nada é possível.

Loures, um concelho onde nunca nada é possível.

Onde não é possível que Camarate seja uma zona onde as pessoas querem viver e onde nos limitamos a discutir se o índice de criminalidade sobe ou desce um pouco.

Onde não é possível ir da Portela a Loures em menos tempo do que de Santarém a Lisboa.

Onde não é possível existir a ambição de termos a nossa melhor escola pública num lugar melhor que nos 90 primeiros do ranking nacional.

Nós achamos que tudo isto é possível. Possível e necessário.

Um Concelho onde não é possível competirmos com o turismo de outros concelhos. Nós achamos que é possível, desde logo o turismo rural na zona norte do Concelho, em Lousa, Bucelas, Fanhões ou nos Tojais.

Onde não é possível uma equipa de futebol nas ligas profissionais. Nós achamos que é possível.

E também achamos que é possível apoiar muito mais as associações do nosso Concelho. Todas as que façam algo de relevante pela sociedade. Pelos que mais precisam. Não apenas aquelas com determinada simpatia partidária

Um concelho onde não se passa nada e onde todos têm que ir para Lisboa para ter uma oferta cultural ou de lazer decente. Nós achamos que é possível. Que é possível dinamismo cultural em Sacavém, São João da Talha ou em Santo António dos Cavaleiros. 

Loures, um concelho em que nada é possível mas é possível erguer um mamarracho a custar 150.000€, apenas e só por questões de fanatismo ideológico. Um concelho onde se gastam centenas de milhares de euros em gabinetes cuja utilidade prática é zero. 

Loures, um concelho onde os partidos do regime – Partido Comunista, Partido Socialista e PSD – governam ou ajudam na governação, à vez, mas onde nunca nada muda. 

E um concelho em que ninguém controla ninguém. A Assembleia Municipal, o órgão fiscalizador da Câmara, é constituído na sua maioria por elementos dos mesmos partidos que estão na Câmara. Não toma decisões. Assina por baixo de deliberações requentadas. Seria o mesmo que o árbitro de um Benfica-Sporting ser um jogador de uma dessas equipas.

Nós achamos que é possível. E a mudança começa agora. 

Contigo e com os teus familiares e amigos. Com os que votam pela primeira vez. Com os que não votam nos partidos do regime. Com os que votam nos partidos do regime mas querem um árbitro diferente. Com quem não vota e com quem vota branco ou nulo. 

Todos juntos são suficientes mas absolutamente essenciais para a mudança que Loures anseia e merece.

Viemos para ficar. Para denunciar. Para pensar e para projetar Loures. Para mudar.

Sim, é mesmo possível mudar. Sim é possível um Loures Maior.

Tiago Mendonça,

31 de Maio de 2019


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.