Grupo Parlamentar do CDS-PP analisou as diferenças entre a realidade da USF Cruzeiro e da UCSP Odivelas a convite do CDS Odivelas

Nota de Imprensa do CDS – Odivelas

A Comissão Política Concelhia de Odivelas do CDS-PP esteve hoje, dia 12 de Junho, em visita institucional à USF Cruzeiro (novo edifício do Centro de Saúde de Odivelas) e à UCSP Odivelas (antigo Centro de Saúde de Odivelas/ CATUS) com a Deputada à Assembleia da República, Ana Rita Bessa (Membro da Comissão de Saúde da AR) para fazer a sua análise entre duas realidades distintas da Saúde em Odivelas localizadas numa das artérias principais da Cidade, ambos os equipamentos de saúde instalados na Avenida Prof. Dr. Augusto Abreu Lopes:

 

– Relativamente à USF Cruzeiro a funcionar desde 21 de Dezembro nas atuais instalações no novo edifício do CS Odivelas, mas apenas inaugurado a 11 de Março pelo Sr. Primeiro- Minsitro e pela Sr.ª Ministra da Saúde, o referido equipamento de saúde opera com 7 médicos, 8 enfermeiros e 5 assistentes técnicos para um total de 18 mil utentes, evidenciando já carências ao nível do número de assistentes técnicos;

– Relativamente à UCSP Odivelas a funcionar há mais de quatro décadas ininterruptamente desde as antigas instalações na Rua dos Bombeiros Voluntários, o referido equipamento de saúde opera com 9 médicos, 7 enfermeiros, 5 assistentes técnicos para um total de 41 mil utentes, o que resulta numa média de 1600 utentes por médico de família atribuído. Recorda-se que todos os utentes sem médico de família atribuído no Concelho, estimados em aproximadamente 18 mil, só podem ser atentidos na UCSP Odivelas, o gera naturalmente um estrangulamento no atendimento para consultas médicas neste equipamento de saúde, onde são atendidos todos os utentes naturais da referida unidade e todos aqueles que ainda não têm médico de família atribuído no Concelho.

Concluí-se, portanto, que, por um lado o Governo esforça-se em demonstrar que tudo funciona sem problemas na Saúde apesar das cativações nesta área, inaugurando Centros de Saúde pelo País que há meses se encontravam em funcionamento, dedicandoo uma semana completa ao chamado périplo da saúde, que tanto Ordem dos Médicos – Região do Sul como Ordem dos Enfermeiros criticaram em devido tempo. Por outro lado, a realidade desmente categoricamente o Governo, quando na mesma Avenida em Odivelas uma USF ainda antes de ser inaugurada tinha já problemas de funcionamento do sistema informático e continua a funcionar sem ar condicionado, e do outro lado da rua, uma UCSP está a colapsar devido ao elevado de número de utentes a que tem de dar resposta, impossibilitada de o fazer por falta de meios humanos, técnicos e por um edifício obsoleto e exíguo face às necessidades dos utentes cujo número não pára de aumentar em Odivelas.”


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.