Libertação de substâncias tóxicas da unidade da Alves Ribeiro em Camarate, junto ao Bairro de S. Francisco, segundo Rita Sarrico do BE

Intervenção da deputada municipal do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Loures, de 04 de junho de 2019

A Unidade Industrial da Empresa Alves Ribeiro está instalada na Quinta do Gradil, em Camarate, junto ao Bairro de S. Francisco.

A atividade desta empresa, que opera a poucos metros de zonas habitacionais, resulta na libertação de substâncias toxicas que são componentes base do alcatrão e do asfalto, substâncias essas das quais pelo menos 60 são comprovadamente cancerígenas e severamente poluentes, constituindo um atentado à saúde pública e um ataque ao meio ambiente.

Está em curso o processo de renovação do licenciamento industrial da atividade desta fábrica, cuja atividade se enquadra no grupo de empresas de tipo 3, não se encontrando inserida numa ZER, razão pela qual a Câmara é a sua entidade coordenadora, de acordo com o estipulado no DL 73/2015 de 11 de maio.

Portanto, o IAPMEI só pode proceder à renovação desta licença com o aval da Câmara.


Vídeo que nos foi enviado

Não há espaço de manobra possível para alterar ou minimizar os efeitos nocivos da atividade desta empresa, para as pessoas e para o ambiente, porque simplesmente, a atividade que ali está a ser exercida é incompatível com a zona populacional onde está inserida.

Porque, vejamos, o principal problema é o que é libertado e é impossível a empresa conter nas suas imediações estas substâncias que tanto prejudicam a saúde das pessoas, que tanto prejudicam o ambiente, os animais, as plantas, e que reduzem drasticamente a qualidade de vida dos habitantes.

A Câmara tem o poder de acabar com este crime ambiental e com esta agressão cega à saúde dos moradores do Bairro de S. Francisco e zonas populacionais limítrofes, e neste sentido gostaríamos de saber qual a avaliação que a autarquia faz desta situação, que parecer irá comunicar ao IAPMEI e se tomará todas as medidas necessárias para impedir a renovação desta licença.


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.