Centenas marcham na Portela, em Loures, contra o amianto nas escolas

Centenas de alunos, pais e professores da Escola Básica 2,3 Gaspar Correia e Escola Secundária da Portela, na freguesia de Moscavide e Portela, concentraram-se esta manhã à porta dos estabelecimentos de ensino com o objetivo de exigir a retirada do amianto. A concentração foi seguida de uma caminhada que culminou num cordão humano junto ao Centro Comercial da Portela.
Os manifestantes exigem não apenas a remoção imediata do amianto das suas escolas, mas também de todos os estabelecimentos de ensino do país.
A ação de protesto foi organizada pelos movimentos ESPeloClima, composto por alunos da Escola Secundária da Portela, e Movimento Escolas Sem Amianto (MESA), que integra professores e encarregados de educação do Agrupamento de Escolas de Portela e Moscavide e de cinco outros agrupamentos de escolas do concelho de Loures. Os organizadores da manifestação exigem também uma audição junto do Ministério da Educação.
André Julião, coordenador do Movimento Escolas Sem Amianto, explica que “o objetivo aqui é alertar para a necessidade urgente de remoção do amianto nas escolas da Portela, como nas de Camarate, São João da Talha ou de Bucelas, que ainda padecem deste problema por inação do Ministério da Educação”.
O coordenador do MESA sublinhou que “a comunidade escolar está muito unida em torno deste tema” e que não vai desistir até que “seja ouvida pelo próximo ministro da Educação“.
Ao longo da legislatura que passou pedimos várias vezes para ser ouvidos, mas isso nunca aconteceu. Aquilo que esperamos é que o próximo ministro se digne a encarar este problema com a seriedade que se exige e não com o desleixo e a leviandade com que os seus antecessores o têm feito“, sublinhou.


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.