Executivo PS em Odivelas não respeita Direito de Oposição

O CDS Odivelas convocou os Órgãos de Comunicação para uma Conferência de Imprensa no passado dia 8 de Novembro em que demonstrou a sua indignação pelo facto de o Presidente Hugo Martins e o seu Executivo não terem auscultado o CDS Odivelas sobre os documentos nucleares do Município – O Orçamento Municipal para 2020 e as Grandes Opções do Plano.

O CDS Odivelas, ao contrário do que o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Odivelas (CMO) tem dito, não foi auscultado nem sobre o Orçamento Municipal nem sobre as Grandes Opções do Plano 2020 porque, da parte da CMO, nem sequer nos fizeram chegar nem a proposta de Orçamento nem as propostas de Opções do Plano.

A CMO optou por ouvir o deputado municipal eleito pelo CDS e ao qual a Comissão Política do CDS de Odivelas há muito já retirou a confiança política.

No plenário do CDS Odivelas realizado dia 8 de Novembro foi votado por unanimidade a retirada de confiança política e a instauração do processo disciplinar ao eleito João Pela pedindo a suspensão da sua militância até ao final do presente mandato autárquico.
Fica assim clarificada a situação do referido eleito na Assembleia Municipal de Odivelas, João Pela que, não tendo a confiança política da Comissão Política do CDS Odivelas desde 20 de Julho de 2018, verá a sua militância suspensa caso o órgão jurisdicional do partido defira favoravelmente as pretensões do processo disciplinar instaurado.

(Estatuto do Direito de Oposição – Lei nº 24/98, de 26 de Maio)


Os conteúdos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus Autores. As opiniões expressas em cada artigo vinculam apenas os respectivos autores e não traduzem necessariamente a opinião dos demais autores da “NoticiasLX” nem do Diretor ou do seu proprietário. A citação, transcrição ou reprodução dos conteúdos da “NoticiasLX” estão sujeitas ao Código de Direito de Autor e Direitos Conexos. É proibida a reprodução ou compilação de conteúdos para qualquer fim, sem a expressa e prévia autorização da “NoticiasLX” e dos respectivos Autores.