Ausência de medidas de mitigação das transmissões do COVID-19 por parte da Câmara Municipal de Odivelas

No Concelho de Odivelas, segundo informação, de hoje, da Direção Geral da Saúde, existem 277 casos de COVID-19, o que, segundo os cálculos que realizámos, representa uma média de 1,7 pessoas infetadas por cada 1.000. Esta média tem vindo a aumentar paulatinamente nos últimos dias, o que deverá (ou deveria) constituir um fator de atenção das autoridades de saúde e políticas locais.

Em termos absolutos de casos de COVID-19 o Concelho de Odivelas ocupa atualmente o 25.º lugar, sendo um ranking muito preocupante nos 308 municípios de Portugal.
A Câmara Municipal de Odivelas (CMO), ao contrário de outros municípios da Área Metropolitana de Lisboa, persiste na sua política de não fornecer informação concelhia sobre o número de: casos existentes; casos recuperados; internamentos; incluindo em unidades de cuidados intensivos e eventuais óbitos, bem como sobre o tipo de contágios e respetivo grupo etário.
Estranha-se a inércia da CMO relativamente a medidas proativas de mitigação dos contágios, nomeadamente a falta de distribuição massiva de máscaras à população em geral, especialmente à mais desfavorecida, o que não será com certeza por dificuldades financeiras da Câmara que tem dinheiro suficiente para investimentos públicos não essenciais, como é o caso da renovação da sua frota automóvel, com novos carros híbridos, alguns dos quais de gama elevada para vereadores e diretores municipais.
Estranha-se igualmente o silêncio da CMO sobre a situação dos lares que, embora possam não ter a sua situação devidamente legalizada, têm lá idosos que merecem igual atenção e acompanhamento das autoridades políticas. Tem de haver igualdade de tratamento para todos.
A atual situação pandémica com certeza que exige compreensão e apoio institucional a todas as autoridades políticas executivas, quer sejam nacionais, regionais ou locais, mas isso não pode, nem deve impedir, que também se exija das mesmas autoridades um escrutínio rigoroso e democrático sobre as ações que estejam a ser tomadas, no sentido das populações interessadas poderem fazer os seus juízos sobre o mérito ou falta dele relativamente à gestão desta crise.
Neste sentido, a Direção Política Municipal de Odivelas do Partido Aliança exorta mais uma vez a CMO (nunca será demais fazê-lo) a distribuir massivamente máscaras à população, bem como a fornecer informação sobre a situação do COVID-19 no Concelho e das ações tomadas para a mitigação de contágios, nomeadamente nos lares, mesmo naqueles que possam eventualmente não ter a situação devidamente legalizada.
Odivelas, 11 de maio de 2020

Direção Política Municipal de Odivelas do Partido Aliança

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
RSS
Facebook
Twitter
YouTube