Publicidadespot_img
Sexta-feira, Dezembro 9, 2022
InícioNOTICIASOdivelasPartido Socialista rejeita as propostas da Iniciativa Liberal para suspensão da Linha...

Partido Socialista rejeita as propostas da Iniciativa Liberal para suspensão da Linha Circular do Metro e regresso da PPP ao Hospital Beatriz Ângelo

COMUNICADO DE IMPRENSA do partido Iniciativa Liberal (Odivelas)

23.09.2022

Na última Assembleia Municipal, realizada no dia 22 setembro (disponível aqui), a Iniciativa Liberal apresentou duas moções para clarificação da posição dos partidos em relação a dois temas determinantes: a linha circular do Metro e o modelo de gestão do Hospital Beatriz Ângelo.

A linha circular para o Metro de Lisboa vai criar um grande transtorno para os odivelenses, obrigando a realizar um transbordo na estação do Campo Grande. Apesar da forte contestação contra esta solução, incluindo uma petição com mais de 4300 subscritores, o governo manteve a sua decisão e as obras já se iniciaram.

O Presidente do Município de Odivelas, Hugo Martins, e vários membros do Governo socialista, garantiram que a população do concelho não iria perder o acesso direto ao centro da cidade a partir das estações de Odivelas ou do Senhor Roubado. O evoluir dos acontecimentos demonstra que as suas palavras não passaram de um embuste. 

Esta falta de verdade perante os munícipes, levou a bancada da Iniciativa Liberal a apresentar em Assembleia uma Moção para que o Partido Socialista local assuma publicamente a sua posição contra a solução da linha circular e a promover as diligências necessárias junto do Governo do seu partido para reverter a decisão, substituindo-a por uma que mantenha a ligação desta linha ao centro da cidade.

A proposta foi rejeitada pela maioria do Partido Socialista, apesar do voto favorável de todas as outras bancadas, revelando uma vez mais que o interesse em servir o partido se sobrepõe ao interesse da população que representam.

A votação da moção pela reversão do modelo de gestão do Hospital Beatriz Ângelo para Parceria Público-Privada também foi reprovada pelo PS.

A degradação notória do serviço prestado e as dificuldades que esta gestão pública tem tido com a debandada de profissionais de saúde desde o fim da PPP neste Hospital não constituem argumentos suficientes para se “emendar a mão” e reverter aquela que foi, claramente, uma má decisão.

Mesmo com as recentes declarações do insuspeito socialista que é Presidente do Município de Loures, Ricardo Leão, que questionou o Ministério da Saúde sobre a possibilidade de se avaliar a reversão do atual modelo público de gestão para o modelo anterior, o de Parceria Público-Privada, Hugo Martins, Presidente da Câmara de Odivelas, manteve-se calado e as bancadas dos partidos socialista, comunista e do bloco de esquerda, em assembleia municipal, mostraram que concordam com o atual modelo, que conduziu ao estado atual do hospital. As visões dogmáticas e o preconceito ideológico impedem os partidos da gerigonça de reconhecerem que a solução de reverter o atual modelo de gestão para o anterior é a que reconhecidamente melhor serve os interesses dos odivelenses!

A Iniciativa Liberal irá sempre assumir uma posição construtiva que contribua para a melhoria da vida dos odivelenses. Infelizmente, não parece ser esse o interesse de quem governa!

Odivelas, 23 de maio de 2022

A Iniciativa Liberal em Odivelas

- Advertisement -spot_img
- PUB-spot_img

Ultimas

Artigos Relacionados