Quarta-feira, 08, Fevereiro, 2023
10.8 C
Lisboa
11.2 C
Odivelas
11.4 C
Loures
InícioOpiniaoEditorialA Comunicação Social Local –Que Futuro?

A Comunicação Social Local –
Que Futuro?

Passados alguns anos do desígnio nacional da “Revolução Digital” tudo nos levaria a crer que por esta altura a esmagadora maioria dos OCS estaria a quase a 100% digitalizados embora em alguns casos mantivessem a edição em papel.

Mas contrariamente ao que seria expectável, não há qualquer vantagem e diria mesmo, há uma clara desvantagem em ter um OCS Local/Regional em formato Digital ou em fazer a transição para o Digital.

As razões já as tenho publicado por aqui e prendem-se sobretudo com uma questão Cultural – o Poder Local e os Empresários consideram os meios digitais como meios menores e continuam a considerar apenas o papel, independentemente dos conteúdos, da atualidade e facilidade de acesso universal.

Os exemplos, que vêm de cima dizem-nos isto:

Transição digital baixou tempo médio de atribuição de pensões para 21 dias

Primeiro-Ministro disse que nos casos mais simples os requerentes recebem a pensão em 7 dias

PRR está a impulsionar a transformação digital da Segurança Social

Notícias 2023-01-18 às 14h19

PRR está a impulsionar a transformação digital da Segurança Social

No último trimestre de 2022, três quartos das pensões foram atribuídas online, na hora, disse a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Evidentemente que há algum analfabetismo funcional misturado, em alguns casos, com a falta de competências digitais ou/e preconceitos ideológicos. Por outro lado, alguns quadros médios continuam a rejeitar a “Revolução Digital” pelo que ela representa em termos de perda de controlo dos processos e como ferramenta de referência para a justa medida do Mérito.

Em suma, embora um pouco lateral em todo esta “Revolução Digital”, a Comunicação Social Local é, no mínimo, vítima do fogo amigo que, um vasto movimento anti-Digital, unindo os seus membros por razões diversas, procura no dia-a-dia obstaculizar a penetração do Digital na Estrutura e na Comunicação. Alguns quadros médios que detém o poder real nas estruturas, continuarão a discriminar o Digital mas, todos os OCS Digitais, como as Rádios Online, as Web TVs e a imprensa Online, cá estaremos a fazer o nosso trabalho e a alcançar todos os dias os objetivos, fundamentados na auditoria implacável das audiências por terceiros.

António Tavares, diretor
EDITORIAL

(publicado no Semanário NoticiasLx de 21/Janeiro de 2023)

Publicidade
- PUB-

Ultimas

Artigos Relacionados